Complexos e essenciais para os movimentos dos membros superiores, os ombros sofrem de alguns problemas bastante comuns.

Nossos ombros são uma região delicada e importante, conectando nosso tronco à nossas mãos. São por essas quatro articulações que conseguimos tantos movimentos e alcançamos objetos e realizamos tarefas de forma mais eficaz. Consequentemente, diferentes lesões podem atingir a região.

As mudanças em nosso estilo de vida também acabaram impactando mais os nossos ombros. O aumento do sedentarismo alinhado a formas de trabalho mais voltadas para os computadores acabam colaborando para a alta incidência de reclamações de dores e desconfortos, que não atingem apenas a população mais velha. 

Somando problemas vindos do estilo de vida aos traumas causados por acidentes de carro, esportes de contato, quedas, e outros acontecimentos, alguns dos problemas mais comuns em nossos ombros incluem:

Tendinites e Bursites: Estão entre as queixas mais comuns nos consultórios. Elas são as inflamações na região e mais comumente se manifestam a partir dos 50 anos. Dito isso, pelos motivos citados anteriormente uma população jovem, entre 20 e 30 anos, está sendo cada vez mais afetada.

Essas inflamações estão relacionadas a um desequilíbrio na musculatura que tem como função os movimentos dos membros superiores. Portanto, cabe ao especialista identificar esses desequilíbrios para iniciar o tratamento, muitas vezes relacionado a mudanças no estilo de vida do paciente para evitar danos mais graves e crônicos. 

Instabilidades: A glenoumeral é a articulação responsável por levarmos a nossa mão a praticamente todos os lugares. Essa enorme amplitude de movimento é resultado de um sistema de ligamentos muito complexo e, claro, estável estabilidade. 

Falhas nesses ligamentos podem causar instabilidades articulares. Essas instabilidades podem se apresentar como deslocamentos, fraquezas e dores persistentes. Através do diagnóstico identificado com exames físicos e de imagens, além da análise do histórico do paciente, o ortopedista pode indicar o tratamento mais recomendado. 

Artrose: Uma artrose podem acontecer em qualquer articulação do corpo. Ela é uma patologia degenerativa, que ocorre através de falhas nas cartilagens que possuímos nas articulações. Isso leva a dor e dificuldades de movimento na região específica. 

Apesar de comum, nas articulações dos membros superiores a artrose não é tão intensa, e possui uma evolução lenta. Com o tratamento adequado essa enfermidade não deve impactar a qualidade de vida do paciente, sem limitar as funções diárias. 

Claro que casos mais severos e tratamentos ineficientes são possíveis, o que pode levar o paciente a optar pela cirurgia, com todo o processo, claro, acompanhado por um especialista. 

Nossas mãos são especiais, mas sem os ombros elas não conseguiriam chegar aonde chegam, e o estilo de vida moderno coloca ainda mais peso sobre eles. Por isso é importante praticar a prevenção. Manter hábitos saudáveis de atividade física e alimentação além de conscientemente pensar em nossa postura e estilo de vida. 

Em caso de qualquer dores e fraquezas nos ombros ou qualquer outra articulação, não exite em entrar em contato conosco e agendar uma consulta com os nossos especialistas. Cuidar da sua saúde é o nosso foco.